A Acentuação na Língua Portuguesa

A Acentuação em Língua Portuguesa

Acentuação é a forma como pronunciamos um som ou grupo de sons com mais ou menos intensidade. Em Língua Portuguesa, como em muitas outras línguas, existem muitas palavras com grafias parecidas mas com pronúncias e significados completamente diferentes. Muitas vezes essa diferenciação é representada através da acentuação gráfica ou da entonação de cada sílaba. Nem toda sílaba de maior intensidade levará a acentuação gráfica, então é primordial que entendamos como a acentuação gráfica funciona.

Obviamente que, em uma era em que escrevemos por códigos e siglas como “vc”, “ok”, “td”, “bj”, entre outros, a informação tem grandes chances de ser expressada com sucesso. Ainda assim, pronunciar ou fazer a grafia de uma palavra de forma equivocada pode tornar-se um tanto constrangedor ou até provocar uma discórdia, principalmente quando a palavra usada expressa algo completamente diferente do que intencionávamos durante a comunicação.

Acento de intensidade ou sílaba tônica

Todas as palavras possuem uma sílaba que se sobressai, a sílaba tônica, que é pronunciada com mais nitidez. As sílabas restantes são conhecidas como átonas e podem estar antes ou depois da sílaba tônica. Observe:

li do /’sɔ.li.dʊ/
tônica átona átona
po de ro so /po.de.’ro.sʊ/
átona átona tônica átona
ca /ka.’fɛ/
átona tônica
mas /’məs/
tônica

Sinais Gráficos

Temos os seguintes sinais gráficos:

´ (agudo): até

` (grave) = crase: a (preposição) + a(s) (vogal feminina) = à(s)

^ (circunflexo): você

~ (til): são

¨ (trema): Müller (o trema deixou de ser usado em palavras portuguesas ou aportuguesadas após o Acordo Ortográfico, ocorrendo apenas em palavras derivadas de nomes próprios estrangeiros, como Müller, mülleriano).

Um pouco sobre acentuação tônica e acentuação gráfica:

As palavras podem ser monossilábicas, oxítonas, paroxítonas ou proparoxítonas e a posição do acento tônico funciona da seguinte forma:

  1. a) Monossílabos: palavras de apenas uma sílaba, como: pés, , , três,.

Acentua-se os monossílabos tônicos terminados em: a, as, e, es, o, os.

Outros exemplos: cá, pó, há, mês, nós, cem, luz, bem, bom, oi, sou.

  1. b) Oxítonas: a sílaba de maior intensidade é a última, como em: cantor, vo, senhor, parabéns

Acentuam-se as oxítonas terminadas em a, as, e, es, o, os, em, ens.

Outros exemplos: também, armazéns, guaraná, atrás, cipó, Nobel, harém, recém, ruim, Gibraltar.

  1. c) Paroxítonas: a sílaba de maior intensidade é a penúltima, como em: caneca, livro, cil

Acentuam-se as paroxítonas terminadas em i, is, us, l, n, r, x, ps, ã, ãs, ão, ãos, on, ons e ditongos orais seguidos ou não de s.

Outros exemplos: grátis, Vênus, amável, órfãs, sótãos, elétrons, gênio, área, história, caracteres, clímax, ciclope, têxtil.

  1. d) Proparoxítonas: a sílaba de maior intensidade é a antepenúltima, como em: húngaro, cara, côn

Acentuam-se todas as proparoxítonas.

Outros exemplos: estratégia, século, bússola, sólido, cômodo, antídoto, bígamo, crisântemo, década, horóscopo, Tâmisa, ômega, síndrome, êxodo.

  1. e) Alguns casos especiais:

– Sempre acentuam-se as palavras oxítonas com ditongos abertos –éis, -éu(s) ou -óis(s): anéis, fiéis, céu, chapéus, véu, heróis.

– Não se acentuam palavras paroxítonas com os ditongos abertos -ei e -oi, devido ao fato de haver oscilação entre casos de pronúncia aberta e fechada: assembleia, ideia, baleia, cheia, apoio, dezoito, heroico, jiboia, etc.

– Não se acentuam os encontros vocálicos fechados, como em: pessoa, patroa, coroa, judeu, enjoo, perdoo.

 

– Não se acentuam as palavras paroxítonas homógrafas (palavras que se escrevem da mesma forma mas têm o sentido e a pronúncia diferente) de artigos, contrações, preposições e conjunções átonas. Por exemplo:

para para
Flexão de parar Preposição
Pela Pela
Substantivo e flexão de pelar Combinação de per e la(s)
Pelo Pelo
Flexão de pelar Substantivo e combinação de per e lo(s)
Pera Pera
Substantivo Preposição antiga
Polo Polo
Substantivo Combinação antiga e popular de por e lo(s)

– Não se acentuam as palavras oxítonas homógrafas, mas heterofônicas (pronunciadas de formas diferentes), como:

Cor Cor
Substantivo /ô/ Elemento da locução de cor /ó/
Colher colher
Verbo /ê/ Substantivo /é/

– Leva acento agudo ou circunflexo a forma verbal terminada em a, e, o tônicos, seguidas de lo, la, los, las. Por exemplo: fá-lo, fá-los, movê-lo, cantá-los.

– Leva acento agudo a vogal tônica i das formas verbais oxítonas terminadas em -air e -uir, quando seguidas de -lo, -la, -los,-las, caso em que perdem o r final, como em: atraí-lo(s) [atrair-lo], possuí-la(s) [possuir-lo].

– Outras palavras que se distinguem de acordo com timbre:

-éu(s) palavra oxítona -eu(s) ditongo
CÉU SEU
-éi(s) palavra oxítona -eis(s) ditongo
FIÉIS LEIS
-ói(s) palavra oxítona -oi(s) ditongo
RÓI BOI
PÔDE forma verbal (Pretérito Perfeito do Indicativo) PODE forma verbal do (Presente do Indicativo)
FÔRMA substantivo FORMA forma verbal (Presente do Indicativo
AMÁMOS forma verbal (Pretérito Perfeito do Indicativo) AMAMOS forma verbal do (Presente do Indicativo)
acento facultativo
DÊMOS forma verbal (Presente do Subjuntivo ou Imperativo) DEMOS forma verbal (Pretérito Perfeito do Indicativo)

acento facultativo em Portugal

PÔR forma verbal (Infinitivo) POR preposição

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Em 2013 entrou em vigência o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa visando simplificar as regras ortográficas da Língua Portuguesa e aumentar o prestígio social da língua internacionalmente. Esse acordo inseriu oficialmente as letras K, W e Y em nosso alfabeto, apesar de já serem utilizadas há tempos no idioma, excluiu o trema ( ¨ ) e fez diversas modificações na grafia de várias palavras (esse seria um ótimo assunto para um próximo artigo).

Para quem ainda não se adaptou ao Novo Acordo Ortográfico sugiro utilizar o site do Grupo Porto Editora: www.portoeditora.pt/acordo-ortografico/conversor-texto/. Neste site é possível digitar o texto que deseja conferir qual a grafia atualizada tanto para o português Europeu quanto para o português Brasileiro.

Sugestão: acesse o painel de controle de seu computador e adicione o português à sua configuração de idioma e região do seu teclado. Quando estiver digitando um texto em português bastará clicar no ícone de sua barra de tarefas para selecionar o idioma que deseja utilizar. Faça uma pesquisa na rede ou experimente digitar cada tecla para descobrir onde está cada símbolo. Se achar tudo isso muito complicado, quem utiliza o Microsoft Word também pode buscar o sinal gráfico com a letra que pretende usar em “Insert > Symbol”.

Observação: a acentuação não foi completamente explorada neste artigo por se tratar de um assunto bem extenso.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s