Como tornei-me fluente em inglês? parte 1

Today’s story will be told in Portuguese, which could be a good practice for those who are learning the language and could reach my close friends and students who always ask me how I learnt English.

Vou contar um pouco da minha história com o aprendizado da língua inglesa, para talvez poder influenciar alguém que acredite que sua dificuldade ou timidez seja fator determinante para desistir de buscar a fluência neste ou em qualquer outro idioma estrangeiro.

Atualmente vivo na Inglaterra e posso afirmar com segurança que o processo rumo à fluência em língua inglesa foi longo e ainda não acabou. Ainda hoje encontro palavras e expressões desconhecidas durante conversas e preciso me esforçar para compreender este novo termo dentro de um contexto.

Sempre admirei a língua inglesa e desejei imensamente poder me comunicar no idioma, mas nem sempre foi assim tão fácil. Então, vou contar-lhes um pouco da minha história em algumas partes, começando pelo início, obviamente: quando comecei a estudar e porquê.

  • Quando comecei a estudar inglês?

Entrei em um curso de inglês em abril de 2001, em uma escola de idiomas muito famosa em todo o Brasil. Os professores eram fantásticos, eu curtia muito as aulas, apesar de ser uma pessoa extremamente tímida. Minha timidez era tanta que quando a professora me chamava para participar das atividades eu “tremia feito vara verde” (ficava extremamente nervosa), certas vezes escorregava na cadeira quase como se quisesse desaparecer, mas consegui enfrentar o desafio e, quase sempre, com sucesso.

  • Por que comecei?

Sempre fui fascinada por idiomas, em especial pela língua inglesa. Quando era criança costumava dizer que um dia eu seria poliglota. Infelizmente, não cheguei assim tão longe, não sei se devido à falta de tempo ou ao perfeccionismo, em querer dar o melhor de mim no aprendizado da minha segunda língua. Até cheguei a estudar espanhol mais de uma vez, mas estava tão focada em um idioma e em meu trabalho com esse idioma, que não dei a devida atenção e não pratiquei tanto quanto deveria.

No próximo artigo poderei contar-lhes o que me influenciou, como fiz para tornar-me fluente e como costumava praticar. Se você tiver curiosidade de saber mais alguma coisa sobre esse processo de aprendizagem, fique à vontade para fazer sua pergunta nos comentários abaixo.

Até a próxima! 🙂

Advertisements

One thought on “Como tornei-me fluente em inglês? parte 1

Add yours

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: